Antigo presidente do conselho de justiça da FPF do Tempo do apito dourado comenta gabinete de crise

Gonçalves Pereira foi presidente do Conselho de Justiça da FPF por altura do ‘Apito Final‘, o processo que correu na justiça desportiva e que envolveu FC PortoBoavistaU.Leiria e Pinto da Costa. Devem estar lembrados que este foi o presidente que quis afastar, na reunião final, um elemento do seu conselho e que, zangado com a resistência, abandonou a reunião que determinou o castigo final ao FC Porto e ao Boavista (ditando a despromoção deste clube).

Pois bem, cá o temos este sábado nas páginas do “Jornal de Notícias”.