Bruno de Carvalho denunciado ao Ministério Público

A publicação que Bruno de Carvalho fez na sua página no Facebook visando António Salvador motivou uma queixa anónima no Ministério Público. Nos campo ‘suspeitos’, estão referidos os nomes dos dois presidentes, mas todo o texto fala apenas no comportamento do líder dos leões.

Segundo o grupo que mais segredos de justiça viola, o denunciante justificou a queixa com o facto de as palavras do presidente leonino serem “uma forma de coagir e intimidar o presidente da equipa adversária, com o intuito de pôr os adeptos do Sporting em estado compulsivo de agressividade”, lembrando que as duas equipas vão defrontar-se para o campeonato esta semana.

Refere o mesmo queixoso esperar que as autoridades “tomem medidas para que se limpe o futebol português e se acabem com estas práticas de coação que envolvem pagamentos”. Ao que foi possível saber, esta queixa não irá sequer ser alvo de investigação do Ministério Público. Recorde-se que Bruno de Carvalho publicou um post arrasador na sequência de um comunicado do Sp. Braga, em que o clube minhoto classificava o pagamento feito pelo Sporting, relativo à transferência de Battaglia para Alvalade, como “um equívoco ou uma trafulhice”.