Casos do Vitória 0-2 SL Benfica

5184

A dragartada com a sua azia fartou-se de falar em supostos casos dando a sensação de um Benfica beneficiado. Antes de ver o video, em off fala um ex-árbitro ao serviço do Sporting e que analisa alguns lances.

Em primeiro lugar o suposto penalti de Samaris no fim do jogo não existe. O árbitro em lances parecidos analisou sempre da mesma maneira, tanto contra como a favor do Benfica. No lance que dá o segundo golo do Benfica, o árbitro dá a lei da vantagem porque o Vitória continua em ataque. Foi de resto assim em todas as vezes que deu a lei da vantagem. Interrompeu para assistência a Jonas por se tratar na zona da cara, zona em que os árbitros estão instruídos para parar a partida. Mesmo assim nesse lance ainda fez um bom compasso de espera. No lance do André Almeida não há qualquer tipo de agressão pois tratasse de um movimento natural. Lembrar que aqui também o árbitro não deixou o jogo seguir por o jogador se queixar da cara. Seria falta mas sem cartão. O lance do suposto golo do Vitória é bem anulado porque o assistente, bem posicionado, assinalou que a bola transpôs a linha de baliza na sua totalidade. Depois há um lance de pontapé de Penalti a favor do Benfica. Salvio é carregado nas costas o que provocou o desequilibro no momento do remate.


COMPARTILHAR