Conselho de Disciplina arquiva queixa do Sporting contra o Benfica e ex-chefe de redação do Record demonstra azia

O Conselho de Disciplina (CD) decidiu arquivar o processo de inquérito aberto pelas declarações de Rui Vitória e José Eduardo Moniz após o dérbi do dia 3 de janeiro. De facto é quase milagre o Benfica não sair castigado. Mas como não podemos cantar vitória o mesmo departamento mandou abrir um novo processo disciplinar a Nuno Saraiva e claro está, ao Benfica.

Rui Vitória disse que iria estar atento ao desempenho do árbitro Hugo Miguel, para perceber qual o critério que iria seguir em lances de mão na área. Que jornadas mais tarde foi o que se viu.

Essas declarações fizeram com que Nuno Saraiva, diretor de comunicação do Sporting, tivesse pedido castigo ao treinador do Benfica, algo que mereceu resposta de José Eduardo Moniz, administrador da SAD encarnada. Agora leva novo processo.

Quanto ao Benfica, o novo processo é por a conta do twitter para imprensa ter questionado a ligação do Sporting a Hernâni Gonçalves, ex-assistente de Hugo Miguel. Perdem tempo com estas coisas quando deveriam estar a castigar Brahimi, Fábio Coentrão e Marega pelo que têm feito dentro de campo. Mas há mais.

O ex-chefe de redação do jornal Record, agora no Sporting, já mandou o seu tirinho na sua antiga casa. É ver como eles se movimentam. Um ex-assistente de um árbitro no Sporting e um ex-chefe de redação de um jornal, também no Sporting.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores

Siga-me no Twitter