Insolvente volta a praticar novo crime no Porto Canal

O director de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, voltou a praticar os habituais crimes ao divulgar uma conversa entre Ricardo Costa e Paulo Gonçalves. Em causa estava apenas um pedido de contacto de Ricardo Araújo Pereira. Um pedido de contacto que o humorista, após ter sido abordado, aceitou que o seu contacto fosse partilhado.

“Ricardo Araújo Pereira acaba por cair no âmbito dos cartilheiros. No ‘Governo Sombra’ pode, se quiser, esclarecer se é verdade que recebeu informações de Ricardo Costa através de Paulo Gonçalves e do Benfica. Até ele se deixou envolver nesta massificação das ideias e na máquina de propaganda do Benfica”, acusou o insolvente Francisco J Marques.

Eles chegaram ao cumulo de partilhar um simples pedido de contacto entre Benfiquistas. Para eles, parece que é crime partilhar contactos com a autorização das mesmas. Uma vez que a imaginação acabou para aqueles lados, vêm falar de pedidos de contacto. Ainda esperámos ver um comentário sobre a fundação que, segundo as avaliações do estado em 2012, 84,4% das suas receitas provêm de dinheiros públicos mas ficaram caladinhos.