O “pai” do tetra do FC Porto foi detido. Senhor que esteve na Liga apoiado por Pinto da Costa

5727

Com muita pena nossa, que recebemos um e-mails a dizer que o “pai” do Tetra do FC Porto foi detido por um alegado tráfico de influências, corrupção ativa e passiva, prevaricação e peculato.

Hermínio Loureiro foi presidente da Liga e adivinhem quem ganhou no tempo em que lá esteve? O FC Porto por 4 vezes (entre 2005 e 2009). Quem apoiou este senhor para presidente da Liga? o FC Porto.

 

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, anunciou hoje, em pleno relvado do Estádio do Dragão, o apoio ao candidato à presidência da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) Hermínio Loureiro.

Pinto da Costa rendeu-se “às ideias e aos projectos” de Hermínio Loureiro para dinamizar e solucionar alguns dos problemas do futebol nacional e deu carta branca para o antigo secretário de Estado formar uma equipa “à sua imagem”.

De acordo com o dirigente desportivo, que elogiou o “vasto e excelente programa para minimizar os problemas do futebol”, o FC Porto apoia Hermínio Loureiro, independentemente de surgir mais algum candidato, mas sem participar nas listas.

“O FC Porto não negociou nem sugeriu nenhum nome nem ninguém para os corpos gerentes da Liga e acredita que Hermínio Loureiro arranjará gente à sua imagem e de total confiança”, referiu o presidente portista.

O presidente do FC Porto considera que todos os pontos-base apresentados por Hermínio Loureiro, bem como todo o projecto de dinamização do futebol português, merecem “apoio e entusiasmo” e está certo de que será dado um “passo em frente”.

Hermínio Loureiro, que continua a somar apoios na sua caminhada para a presidência da LPFP, classificou a reunião com Pinto da Costa como “muito interessante” e extremamente importante “para a missão que se propôs desempenhar”. “Foi um encontro extremamente positivo em que falámos sobre problemas e dificuldades do futebol português e de soluções para os minimizar”, referiu o candidato, apelando a uma rápida intervenção para que não se agravem.

O candidato apontou ainda a necessidade de se “perder complexos em relação ao futebol” e corrigir aquilo que considera ser uma visão distorcida do mesmo, no sentido de que quem vibram aos domingos nos estádios não pode dizer mal durante a semana.

Tanto elogio meu deus!!!

 

COMPARTILHAR