Sporting responde à CMVM sem falar no perdão de 94,5 milhões de euros

O Sporting comprometeu-se a comprar todas as VMOC que estão na posse do Novo Banco e do BCP ao preço de 30 cêntimos(preço de saldo), em vez dos 84 cêntimos que elas custariam em condições normais.

Ora a CMVM pediu esta quinta-feira um esclarecimento sobre estes movimentos ao Sporting. O regulador quis saber se estes movimentos iam ter impacto contabilístico nas contas da SAD e se iam alterar a estrutura acionista da sociedade. Não fez qualquer questão sobre os valores escandalosamente perdoados.

O Sporting lá respondeu, referindo em primeiro lugar que a não iam ter impacto contabilístico nas contas da SAD, uma vez que a compra das VMOC vai ser feita pelo clube e pela Sporting SGPS, e não pela SAD. Que os movimentos não vão alterar a estrutura acionista da SAD, uma vez que se trata da compra de Valores Mobiliários (Obrigações) e não de Ações, pelo que a estrutura mantém-se como está.

Ou seja, também não falou sobre o perdão de dívida. Esta é mais uma demonstração do grande poder do Benfica. Fazem o que querem, investem o que querem, perdoam dívidas a seu belo prazer enquanto outros cumprem com os seus encargos deixando de investir.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores

Siga-me no Twitter