Tanto andaram a falar com os patrocinadores do Benfica que agora são o patrocinadores a deixar o Sporting

Tentaram meses a fio manchar o nome do Sport Lisboa e Benfica chegando a promover um campanha difamatória e criminosa junto dos patrocinadores do clube da luz que agora se vêm com esse problema em casa. E criado pelo próprio presidente.

Grupovarius, parceiro do Sporting, anuncia que não vai marcar presença no camarote de Alvalade no jogo de domingo, frente ao Paços de Ferreira, e apela à resolução “imediata” dos problemas internos do emblema verde e branco.

“Jamais pactuamos e aceitamos que uma instituição, seja ela qual for, que tenha sócios, apoiantes, simpatizantes e adeptos, exponha publicamente os problemas internos, ainda por cima com uma das modalidades, neste caso o futebol. O que parece que ainda não entenderam, é que o Sporting é muito mais do que isto. É um dos clubes do mundo com mais resultados desportivos a nível mundial. Não fazemos julgamentos sobre quem quer que seja, no entanto como principal responsável do apoio ao judo do Sporting, e que cujo apoio foi fundamental e inequívoco para os resultados que a modalidade tem vindo a ter, informamos que não estaremos presentes no nosso camarote no próximo jogo, de forma a mostrar a nossa total indignação e vergonha.


Apelamos que seja posto de imediato um ponto final neste assunto e respeitem a instituição e quem a preside, bem como os que a representam, o desporto e os valores que representa tem que ser bem maior que os egos individuais de cada um”, pode ler-se numa publicação na página oficial do Grupovarius, assinada por Alexandre Cavalleri, presidente executivo da instituição e sócio do Sporting.