10 dias de castigo nas férias para Conceição e 20 mil de multa para o Benfica

Advertisement

Triste futebol o nosso que é gerido por uma federação que só se mexe quando os interesses são internacionais. Se a seleção Portuguesa fosse um clube de futebol, lhe garanto que seria o campeão nacional por mais de 10 anos consecutivos. Não pelo plantel luxuoso que tem ao seu dispor, mas pelo que fazem dentro e fora do campo.

 

O Conselho de Disciplina é o que se sabe. Multas e mais multas ao Benfica e não são nada pequenas. O Benfica fala uma vez, 20 mil euros à cabeça. “É para comeres e calares se não da próxima apanhas mais”. Os outros clubes são absolvidos, os seus jogadores não cumprem castigo pelos amarelos e os treinador apanham castigo para cumprir nas férias.

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) indeferiu o recurso do Benfica, mantendo a multa aplicada às águias por parte do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol por críticas à arbitragem do jogo FC Porto-Marítimo (2-3), de 3 de outubro de 2020, referente à terceira jornada da Liga NOS. O clube da Luz já tinha sido condenado, em fevereiro, ao pagamento de 20.910 euros, e vê agora crescer o montante em 5.012 euros, por causa de custas processuais e taxas de arbitragem.

Na ‘News Benfica’ de 5 de outubro de 2020, os encarnados atiraram-se a uma suposta disparidade de critérios. “Parece que existem duas regras nesta Liga. Uma para todos os outros clubes, impondo-se respeito e à mínima situação admoestando e bem. Outra para o FC Porto, onde tudo é permitido, desde constantes insultos e pressão, além das sucessivas a matar como as de Pepe, que beneficia de uma impunidade subserviente dos árbitros que os deveria envergonhar. Só falta mesmo voltar aos tempos das fugas em corrida dos árbitros e perseguições dos jogadores do FC Porto perante a complacência de todos”, escreveram as águias na publicação.

O Benfica apenas constatou factos e nada mais. E a verdade dos factos é que a equipa que venceu o prémio fair play, tem o treinador expulso uma carrada de vezes e está a cumprir castigo nas férias, teve penaltis que nunca mais acabavam pelas piscinas de Taremi, e só não foram campeões porque foram mais incompetentes que beneficiados.