3 lances, 3 decisões bastante diferentes

Advertisement

A faltar o SC Braga terminar a jornada, ontem tivemos mais uma decisão que demonstra o tremendo azar que os árbitros têm. O mister 5 cêntimos do apito nem falta marcou, na cotovelada Luis Diaz ao jogador do Paços de Ferreira. Pior que isso foi perceber que o assistente está em cima do lance e nada assinalou. Uma cotovelada na cara que nada valeu.

No jogo do Sporting tivemos o senhor faltoso com apenas 4 amarelos na liga. Cotovelada na zona do pescoço que mereceu apenas um assinalar de uma falta.

Depois temos o desgraçado do Taarabt que também levantou o braço, acabando por atingir o jogador do Boavista. Este acabou por gritar como todos os fiteiros fazem. O resultado foi a anulação de um golo, a marcação da falta e amarelo para o marroquino do Benfica.

Se as “nudes” que o FC Porto diz que o Benfica tem ou teve, servia ou serve para pressionar os árbitros, aqui fica um exemplo perfeito para a teoria dos totós.