Advertisement

6 dias de propaganda anti-Rafa numa desorientação total da FPF

Comunicação da FPF continuou a bater no jogador do Benfica para esconder outros problemas

Advertisement

A Federação Portuguesa de Futebol deu gás a mais um rol de críticas a Rafa para esconder outros problemas bem mais graves.

 

Foram 6 dias de campanha anti-Rafa. Pelo caminho ficaram as crises do FC Porto, a auto-convocatória do Ronaldo, os jornalistas fechados numa salinha, os castigos vergonhosos do Conselho de Disciplina e o afastamento da arbitragem.
Vou partilhar um texto no qual eu concordo totalmente.
𝗥𝗲𝗶𝗻𝗮 𝗮 𝗱𝗲𝘀𝗼𝗿𝗶𝗲𝗻𝘁𝗮𝗰̧𝗮̃𝗼 𝗻𝗮 𝗙𝗲𝗱𝗲𝗿𝗮𝗰̧𝗮̃𝗼 𝗣𝗼𝗿𝘁𝘂𝗴𝘂𝗲𝘀𝗮 𝗱𝗲 𝗙𝘂𝘁𝗲𝗯𝗼𝗹.
É evidente que a Federação está sem liderança. E todos sabemos a importância das lideranças, para o bem e para o mal, no destino das instituições. Já não bastavam os casos graves na Disciplina e na Arbitragem, agora temos sinais concretos e evidentes que muita coisa vai mal na área das Seleções. Mais concretamente na Seleção A.
𝗣𝗿𝗼𝗺𝗶𝘀𝗰𝘂𝗶𝗱𝗮𝗱𝗲 𝗻𝗮 𝗦𝗲𝗹𝗲𝗰̧𝗮̃𝗼 𝗡𝗮𝗰𝗶𝗼𝗻𝗮𝗹.
O caso Rafa é apenas a ponta do iceberg. Porque Rafa justificou a sua decisão por «razões pessoais»? Porque existe um mau ambiente na Seleção A. Porque há muitos jogadores descontentes com a Seleção do Ronaldo, quando devia ser a Seleção Nacional. Porque o Fernando Gomes e o Fernando Santos são apenas meros executantes das vontades e caprichos pessoais do Cristiano Ronaldo.
Basta lembrar o que aconteceu na Gala da Quinas de Ouro. Ver e ouvir o Ronaldo a autoconvocar-se para o Mundial 2022 e para o Europeu de 2024, com o presidente e o selecionador na primeira fila da plateia, é a demonstração clara de quem realmente manda na Seleção. Foi um momento confrangedor e deprimente ouvir um jogador, numa Gala da Federação, a anunciar a sua convocatória para o Mundial e para o Europeu de 2024. Falamos de um jogador que FOI o melhor do mundo, que marcou muitos golos no passado e que ERA titular indiscutível das suas equipas. Hoje é um suplente do Manchester United.
Até quando vai continuar esta promiscuidade na Seleção Nacional de Portugal? Que ninguém duvide, não é apenas o Rafa que se sente mal naquele ambiente.
𝗔 𝗣𝗿𝗼𝗽𝗮𝗴𝗮𝗻𝗱𝗮 𝗱𝗮 𝗙𝗲𝗱𝗲𝗿𝗮𝗰̧𝗮̃𝗼.
O Pepe não tem jogado com regularidade no FC Porto. Para justificar a sua convocatória, o mega departamento de propaganda da Federação pôs a circular nas redações: «Fernando Santos não prescinde de Pepe». Todos sabemos que o Pepe é o principal amigo do Cristiano Ronaldo na Seleção. Ou seja, quem não prescinde do apoio do Pepe no grupo é…o Cristiano Ronaldo!
Um dia depois do Controlo Antidoping surpresa da FIFA, a Federação dispensou o Pepe. Por que razão? É necessária uma boa explicação. O jogador tinha sido dado como apto pelo Departamento Médico da FPF para ser convocado. O Fernando Santos, no dia da convocatória, disse mesmo: «o Departamento Médico comunicou-me que apenas não poderia convocar dois jogadores, Guedes e Sanches». E agora? Das duas uma, ou o Departamento Médico da FPF cometeu um erro grave, pois deixou que o selecionador convocasse um jogador lesionado, ou existe uma outra razão que não é conhecida. Por motivos de «ordem física» e «fadiga muscular», como está a passar o departamento de propaganda da Federação, não colhe. Falta uma semana para o jogo contra a Espanha! Não recuperava?
𝗠𝘂𝗶𝘁𝗼 𝗴𝗿𝗮𝘃𝗲.
Pela primeira vez na história do futebol português e da Federação Portuguesa de Futebol, uma equipa/seleção interrompe um estágio para jogos oficiais, neste caso uma prova internacional, para estar presente numa Gala. E ainda se poderia pensar que estaria o selecionador e o capitão em representação do grupo de trabalho, mas não! Estiveram todos os jogadores, todos os treinadores e todos os demais membros do Staff. Que exemplo de profissionalismo e responsabilidade é este? Porque não fizeram a Gala no dia de apresentação em estágio? Ou em outra data? Só falta virmos a saber que foi o Cristiano Ronaldo que marcou a data da Gala de acordo com a sua conveniência pessoal.
DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo