A Comissão de Instrutores da Liga já viu o caso Palhinha?

Advertisement

O Sporting emitiu esta segunda-feira um comunicado em que revela que a Comissão de Instrutores da Liga deduziu acusação contra Ruben Amorim, tendo acusado o treinador do Sporting de «fraude» e sugerido uma suspensão entre um e seis anos.

Basicamente tudo começou com uma queixa da Associação Nacional de Treinadores, apresentada em março de 2020, a qual pedia que fossem tomadas medidas contra Ruben Amorim, por desempenhar funções de treinador principal quando não estava habilitado para isso e surgia inscrito na ficha e jogo como treinador adjunto.

Este caso é completamente ridículo. A Associação Nacional de Treinadores deveria estar mais preocupada com os requisitos que exigem às pessoas que querem ser treinadores de futebol. Neste campo somos um país de 3º mundo. Só quem tentou sabe a vergonha que é tentar tirar todos os níveis para poder treinar.

É verdade que não tenho que defender um treinador que não é do Benfica e este caso até poderia ser benéfico para o Benfica, mas é mais preocupante a situação do Palhinha do que se o Amorim apresenta o cartãozinho ou não.

Se fosse o Jorge Jesus nesta situação isto era de descida de divisão para cima em todos os canais de tv, assim como é um caso grave de um jogador de outro clube, não há problema.

Mais ridículo ainda é ainda haver gente a pensar que foi o Benfica que fez pressão para o assunto que envolve Ruben Amorim.