A propaganda barata do JN sobre o Benfica e Taremi

Advertisement

Vamos por partes como dizem os sabichões dos mercados de transferências.

O JN faz capa com “Benfica oferece o dobro do salário a Taremi mas os jogador preferiu manter a palavra”. Nada mais bonitinho para passar a mensagem de que o jogador é barato em salários, talvez ganhe 3 vezes menos que o salário do Pepe, e que é um homem de palavra. Para não falar naquelas habituais vitorias dos cartilheiros de que o Benfica quis mas o FC Porto venceu.

Desde que Jorge Jesus assumiu o comando disse que queria uma equipa toldada à sua maneira. Que iria ver todos os jogadores e que queria reforços. Na lista de reforços Taremi não tem lá o seu nome. Como é que o Benfica pode, à ultima da hora, oferecer o dobro do salário a um jogador que o Jesus não quer? Como é que alguém pode fazer tal oferta se o Benfica não está interessado no jogador desde o regresso do Jorge Jesus? Taremi marcou quantos golos a temporada passada? E o Vinicius? E o Pizzi? Por aqui também se pode ver o interesse.

É falso e o JN tem de promover a sua equipa de outra forma. Anda a beber da fonte errada. Talvez seja melhor falar das mulas das comissões que são o Carraça e o Cláudio Ramos. O JN vai dizer que o Benfica ofereceu o dobro à ultima da hora ao filho do Pinto da Costa que é empresário dos dois? Sejam sérios.