Ações do Benfica voltam a disparar para máximos

Advertisement

As ações da SAD do Benfica estão a valorizar mais de 15% esta quarta-feira, para os cinco euros, depois de o clube ter comunicado terça-feira ao mercado que Luís Filipe Vieira se prepara para vender a posição de 3,28% que detém no capital da SAD. As ações dos encarnados nunca valeram tanto desde que entraram em bolsa.

O ex-presidente do Benfica já terá um acordo para a venda das ações que detém no Benfica a um preço de 7,80 euros por ação, de acordo com o comunicado publicado na CMVM, o que representará um encaixe de 5,9 milhões de euros para Luís Filipe Vieira. O dirigente adquiriu estas ações na OPV do Benfica em 2001, a cinco euros cada, o que quer dizer que vai desfazer-se do capital que tem no Benfica com uma mais-valia superior a dois milhões de euros.

A SAD diz não saber quem será o comprador das ações que serão alienadas por Luís Filipe Vieira — nem se o investidor está disposto a pagar 7,80 euros por ação –, mas recorda que o clube tem o direito de preferência nessa compra. No entanto, é público que Luís Filipe Vieira teria um acordo com o investidor José António dos Santos, maior acionista privado da SAD do Benfica e conhecido como o ‘Rei dos Frangos’, para a compra da sua participação que depois seria alienada ao investidor norte-americano John Textor. José António dos Santos já detém atualmente cerca de 20% do capital da SAD.