Home Azuis Acusado de receber bilhetes VIP do Benfica por Rui Pinto

Acusado de receber bilhetes VIP do Benfica por Rui Pinto

“Ao mesmo tempo que as autoridades portuguesas enviavam um pedido às autoridades húngaras para alargar o meu mandado de detenção europeu, o ministro dos Negócios Estrangeiros da Hungria recebeu dois bilhetes VIP para jogos do Benfica e teve encontros no estádio do Benfica. Isto é o Benfica. O modus operandi dos seus dirigentes era alargar a influência, muitas vezes por cortesia, para alcançar os seus objetivos. O Benfica foi uma das partes mais interessadas no alargamento do mandado de detenção europeu. A Péter Szijjártó [ministro dos Negócios Estrangeiros] faltou o senso comum e, como diz o ditado, ‘à mulher de César não basta ser, é preciso parecer’. Ficará sempre uma nuvem de suspeição sobre o alargamento do mandado europeu de detenção””, disse Rui Pinto na entrevista à revista alemã ‘Der Spiegel’, publicada pelo ‘Expresso’.

Graças ao euro2020, Péter Szijjártó, revelou quem apoia em Portugal e para azar das teorias de Rui Pinto, não é o Benfica que ele apoia. Tanto ele como a imprensa portuguesa, o que interessou foi atacar o Benfica sem nunca procurar factos. As teorias de um ladrão de bancos, segundo António Lobo Xavier, renderam mais em vendas do que a procura dos factos.

Não é por Péter Szijjártó apoiar o Sporting que o Benfica deixa de fazer todos anos a devida homenagem a Feher. Acontecia antes da existência do hacker e continuará a acontecer.