Agressão de Porro e chapada de Paulinho passa ao lado de Rui Costa

Advertisement

Tal como aconteceu com Piqué, Amorim tirou Pedro Porro depois deste ter agredido à cabeçada, o adversário, nas barbas de Rui Costa. O protegido pelo irmão Paulo Costa, decidiu apenas mostrar cartão amarelo.

O outro jogador que “molhou a sopa” foi Paulinho com uma chapada no adversário. Não marca golos mas para a confusão é o maior. A comédia da arbitragem Portuguesa, liderada pela Federação Portuguesa de Futebol, continua a demostrar quem tem de proteger. Por muito menos Taarabt apanhou o castigo que todos sabemos.