Aníbal Pinto trunca e-mail sobre Rui Costa

Advertisement

Vai ser sempre publicado cada vez que esta gente insistir em algo que foi truncado para atacar o Benfica. Foi o FC Porto e o seu funcionário que foram condenados por truncar e-mails e não o Benfica. É também é crime ler correspondência privada em direto num canal de televisão que se diz líder de audiência.

O suposto e-mail era sobre o árbitro Rui Costa onde alegadamente o presidente do Benfica terá dito para se malhar na nota do Rui Costa. Mais uma vez, têm um problema com as datas dos factos. Mesmo que o e-mail tenha existido, o mesmo vem da época em que os clubes podiam recorrer doas notas dos árbitros. Por mais que o Aníbal Pinto com a conivência da CMTV, digam que o Benfica alterava as notas dos árbitros truncando que os outros clubes poderiam fazê-lo, não serve de argumento para a justiça portuguesa. Só para o circo que é aquele canal.

Como pode ver abaixo, não é a primeira vez que o assunto é desmentido e não vai ser a ultima que vamos deixar de escrever sobre ele. FC Porto, Sporting e Benfica(apenas falar dos 3) recorriam das notas porque era um direito que lhes assistia. Isso foi mudado com o passar das épocas e cabe à CMTV que é um meio de informação explicar e não deixar que trunquem assuntos como este.

A nojeira de um jornalista publicada num expresso acusando Vieira de interferir nas notas de um árbitro

Francisco J Marques fala em "vigarice" nas notas dos árbitros no jogos do Benfica mas Sporting fez o mesmo

Árbitro de logo à noite é só mais um ameaçado e pelo presidente… do FC Porto

FC Porto também reclamou de notas e Capela sofreu na pele

Francisco J Marques volta a acusar o Benfica e esconde que os clubes podiam "martelar as notas" dos árbitros. Eis o factos

“Temos de dar-lhe cabo da nota(ao Jorge Sousa)” dos tempos modernos.

Para finalizar, não foi o Benfica que disse que “a tua carreira como árbitro vai ser curta”. A verdade é que até hoje estamos para saber o que vai acontecer com Luís Gonçalves porque sobre o árbitro Tiago Antunes, já sabemos que desceu.