O autocarro com adeptos do Benfica, naturais de Barcelos, regressava a casa quando começaram a ser perseguidos por uma viatura ligeira que o ultrapassou e parou uns metros à frente, em plena A1.

Quando o autocarro se aproximou da viatura um indivíduo munido de um paralelo lança o objeto contra o autocarro que partiu um vidro lateral e feriu uma mulher.

A viatura ligeira acabaria por se colocar em marcha e alguns metros mais à frente, depois das portagens, já em Grijó, Gaia, o homem volta a lançar um paralelo que entrou pelo vidro da frente do autocarro e atingiu um homem de 20 anos com gravidade na cabeça, causando-lhe traumatismo craniano encefálico.

As vítimas foram assistidas no local pelos bombeiros de Lourosa e transportadas para o hospital Santos Silva em Gaia.