Baldaia expressa o desejo da derrota do Benfica frente ao PAOK

Advertisement

Ódio e mais ódio por parte de um individuo que só quer agradar a corte. Sem programas onde possa destilar toda a azia que sente em relação ao Benfica, o perito em afundar jornais lá vai mandando umas bocas.

“Antes de me despedir, queria aproveitar esta oportunidade para desejar felicidades a um treinador português. Abel Ferreira já merece saborear a felicidade de uma vitória contra um clube a quem nunca ganhou [Benfica]. Agora que em causa está um lugar na Liga dos Campeões, será no PAOK que vai conseguir? Há sempre uma primeira vez”.

Como as linhas das cartilhas contra o Benfica são iguais entre este gente e outros do Benfica, só espero que não sigam o ódio e o desejo de uma derrota.

Uma coisa é certa, na comitiva para a Grécia não consta o nome do Paulo Baldaia, pois não se trata do FC Porto. Talvez pudesse ligar ao “seu amigo” Abel para lhe cravar uma viagem.