Benfica abre acção judicial e chama todos os intervenientes dos ultimas 4 épocas

O Benfica decidiu abrir uma ação judicial junto do DCIAP, no qual se constituiu assistente, requerendo a audição dos principais responsáveis que tiveram ação nesses mesmos jogos depois de andarem a plantar no expresso que os jogos do clube nos últimos quatro anos estavam sob investigação.

Para esse efeito, o clube encarnado solicitou a inquirição de todos os árbitros (principais e auxiliares) que participaram nos jogos do Benfica nos quatro anos em causa, todos os membros do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol, todos os membros do Conselho de Disciplina da FPF, todos os elementos do Conselho de Arbitragem da FPF, todos os dirigentes da Federação Portuguesa de Futebol e ainda todos os dirigentes da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

Os encarnados pretende que todas as pessoas inquiridas respondam a duas questões: “a) foram, por uma vez que fosse, direta ou indiretamente, contactador por alguém relacionado com a Participante com o intuito de a favorecer na obtenção de um resultado positivo? b) se o foram, qual a identidade do responsável pelo contacto, o teor do contacto e o favorecimento que facultaram?”, pode ler-se no documento que sustenta a ação judicial.

Com esta ação, avançada hoje pelo Correio da Manhã e já confirmada por A BOLA, pretende o Benfica “ver esclarecidas todas as dúvidas existentes, em nome da verdade desportiva”, garantiu fonte do clube da Luz. “Demonstramos assim que nada tememos e que pelo contrário quueremos tudo esclarecido ao pormenor”, concluiu a mesma fonte.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores