Inicio Futebol Benfica anuncia renovação de contrato

Benfica anuncia renovação de contrato

Diogo Gonçalves, de 23 anos, renovou contrato com o Benfica até 2025 e está de volta ao Clube após um ano de empréstimo ao Famalicão, onde evoluiu a bom nível, terminando 2019/20 com 34 jogos e sete golos em todas as provas.

“É um sentimento de orgulho e de que o trabalho foi bem feito. Estive dois anos fora, foram dois anos de crescimento. Estou pronto para trabalhar e, se o míster entender, agarrar a oportunidade“, afirmou, em declarações à BTV.

“Foram dois anos muito importantes para mim. Um não correu tão bem em termos futebolísticos, mas foram dois anos de crescimento, dois anos que levo para sempre e regresso à casa-mãe. Estou muito feliz“, acrescentou Diogo Gonçalves.

O jovem formado no Benfica Campus – estreou-se na equipa principal das águias na temporada 2017/18 e teve a oportunidade de atuar nas provas nacionais e também na Liga dos Campeões – integrou a equipa-sensação da última edição da Liga NOS e teve um papel preponderante na campanha muito positiva dos comandados por João Pedro Sousa, que culminou com o 6.º lugar na prova, ficando às portas de uma inédita presença nas competições da UEFA.

Diogo Gonçalves

Diogo Gonçalves até nem começou como titular, mas agarrou o lugar na 9.ª jornada e lá permaneceu até ao fim, ajudando o coletivo com golos e assistências. Os primeiros tentos na Liga NOS aconteceram logo em dose dupla e diante do Sporting, na 23.ª jornada. Os famalicenses venceram por 3-1, e Diogo Gonçalves foi decisivo.

Antes, na 11.ª ronda (Moreirense, 3-3), na 15.ª jornada (V. Setúbal, 3-0) e na 21.ª (Aves, 1-1) participou no resultado através de assistências para os companheiros faturarem.

Depois de marcar aos verdes e brancos, o defesa/extremo-direito voltou a fazer o gosto ao pé ao Gil Vicente, fora de portas (1-3), e bisou no Estádio do Bonfim, na 32.ª jornada, no triunfo do Famalicão sobre os sadinos, por 1-2.

“Foi um ano de muito trabalho. As coisas correram-me bem e à equipa. Foi um clube que me ajudou muito, o treinador [João Pedro Sousa] também. Vou levar o Famalicão para sempre comigo“, reconheceu.

Época 2019/20

Quadro Diogo Gonçalves Época 2019/20Fundamentalmente pelos corredores, Diogo Gonçalves mostrou-se sempre um jogador ativo e participativo no futebol da equipa.

De acordo com os dados do Wyscout, o jovem formado no Seixal – que em 2018/19, recorde-se, atuou, por empréstimo no Nottingham Forest, de Inglaterra – teve uma média de 54 ações de jogo, sendo bem-sucedido em 52 por cento delas; terminou a Liga NOS 2019/20 com um acerto de 71 por cento no passe e 30 por cento nos cruzamentos, aspeto do jogo em que teve uma média de quatro a cada 90 minutos; destacou-se, ainda, no drible. Foi bem-sucedido em 57 por cento dos que tentou. No que diz respeito às tarefas defensivas, terminou o Campeonato com 2,40 interceções por jogo e mais de três recuperações de bola por desafio.

As boas exibições não passaram despercebidas. O novo treinador do Benfica, Jorge Jesus, vai observar Diogo Gonçalves durante a pré-temporada, e o jovem até já traçou metas.

“Os objetivos passam por trabalhar no dia a dia, com os meus colegas, aprender ao máximo com o míster e ajudar o Benfica a conquistar os seus objetivos”, destacou.

Diogo Gonçalves

Não foi só na Liga NOS que Diogo Gonçalves e o Famalicão mostraram qualidade. Também na prova-rainha deram cartas, caindo nas meias-finais às mãos do Benfica.

A importância do defesa/extremo na manobra dos minhotos nota-se no facto de o treinador João Pedro Sousa nunca ter abdicado do futebolista em nenhuma das seis partidas da Taça de Portugal. Diogo Gonçalves aproveitou bem os 471 minutos jogados, contribuindo com dois golos (Mafra e Paços de Ferreira) e duas assistências.

Na prova-rainha, o Famalicão caiu frente às águias nas meias-finais. Após derrota por 3-2 na Luz, os minhotos empataram a uma bola no seu estádio.

Para 2020/21, o jovem formado no Seixal seguiu pelo mesmo diapasão do técnico e pediu união aos Benfiquistas.

“Acima de tudo, peço que os Benfiquistas estejam todos unidos, com o plantel, com a massa associativa junta. Se isso acontecer, podemos conquistar tudo“, reforçou.