Benfica apresenta 17 milhões de prejuizos

Advertisement

A SAD do Benfica apresentou, esta quarta-feira, em comunicado enviado à CMVM, os resultados do exercício financeiro da temporada 2020/21, destacando-se o prejuízo de 17,4 milhões de euros, depois de em 2019/20 se ter registado um ganho de 41,7 milhões de euros. No documento, a SAD encarnada relembra as dificuldades originadas pela pandemia de Covid-19, com muitos jogos à porta fechada, para além de a equipa ter falhado o apuramento para a Liga dos Campeões.

Já o passivo aumentou de 325,9 para 379,6 milhões de euros, registando-se uma subida de 16,5 por cento em relação ao exercício anterior, lembrando as águias o enorme investimento (cerca de €100M gastos em jogadores) feito em reforços para a equipa de Jorge Jesus. Os gastos com pessoal também subiram de 85,6 para 97 milhões de euros.