Benfica comunica que a UEFA confirmou a legalidade dos chamados “vouchers”

Após audiência disciplinar realizada no dia de ontem, em Nyon, na Suíça, o Comité de Apelo da UEFA veio rejeitar o recurso interposto pelo Sporting Clube de Portugal contra a decisão do Comité de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA de não instaurar qualquer processo disciplinar ao Sport Lisboa e Benfica na sequência da denúncia efetuada por aquele clube relativamente ao denominado processo “Kit Eusébio/Vouchers”.
Esta decisão confirma também aquela que foi proferida a 21 de novembro de 2016 pelo Inspetor Disciplinar e Ético da UEFA.

Estamos, pois, perante a terceira e última decisão da UEFA, rejeitando definitivamente a participação disciplinar do SCP sobre este tema.

O Comité de Apelo da UEFA vem, assim, corroborar também todas as anteriores decisões tomadas pelas diversas instâncias desportivas nacionais (Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol e Tribunal Arbitral do Desporto).

Uma vez mais, sem surpresa, veio a confirmar-se a legalidade de procedimentos do Sport Lisboa e Benfica com esta prática institucionalizada de cortesia, efetuada sempre após os jogos, de forma pública e independente das vicissitudes e resultados dos jogos que o SLB disputou, quer ao nível das competições nacionais, quer ao nível das competições internacionais.

Lisboa, 6 de junho