Benfica crítica e acusa APAF

PUB

Nesta edição da News Benfica, o destaque vai para o apuramento para a final four da EHF European League de andebol. Mas há mais temas.

1
A nossa equipa de andebol conseguiu, de forma brilhante, o apuramento para a final four da EHF European League. Frente aos eslovenos do Gorenje Velenje, depois de, na primeira mão termos vencido por sete golos na Luz, ontem obtivemos um empate a 27 golos e garantimos a presença inédita na fase decisiva da prova.

O treinador Chema Rodríguez enalteceu o feito e elogiou os jogadores: “Conseguimos algo histórico para o Benfica, a equipa fez um trabalho extraordinário. Aliás, a equipa tem estado incrível nesta competição europeia. Os jogadores alcançaram algo incrível e estou muito feliz por eles, porque têm trabalhado muito ao longo da época. Agora vamos desfrutar para depois preparar esta final four e tentar alcançar novas metas.”

Os possíveis adversários na meia-final são os seguintes: Magdeburgo (Alemanha), RK Nexe (Croácia) ou Orlen Wisla Plock (Polónia). Veja o resumo do embate na Eslóvenia. O sorteio está agendado para sexta-feira, dia 6.

2
Os campeões europeus Sub-19 foram ontem homenageados pela Câmara do Seixal. O Presidente do Sport Lisboa e Benfica, Rui Costa, deixou a garantia de que o Benfica Campus continuará por muitos anos naquele município e reiterou que a aposta na formação por parte do Clube é para continuar: “Este projeto é para termos mais jogadores da nossa formação na equipa do Benfica, como temos nas equipas mais ricas do mundo. O nome Benfica confunde-se com Benfica Campus. Formar para ganhar, desejamos que acreditem plenamente no Clube, no trabalho desenvolvido nestas instalações. É aqui que vamos continuar a trabalhar e é aqui que vamos continuar a ganhar.”

3
Domingo, às 16h00, joga-se na Luz um dérbi que, em caso de vitória ou empate, resultará no bicampeonato nacional de futebol (feminino). A entrada é livre para Sócios do Sport Lisboa e Benfica, mediante o levantamento de bilhete. Responda afirmativamente ao apelo de Jéssica Silva e não deixe de comparecer e apoiar as Inspiradoras!

4
Já não nos surpreende que o Conselho de Disciplina abra processos ao Benfica motivados por queixas da APAF. O corporativismo bacoco é uma das caraterísticas proeminentes desta associação, a qual parece mais preocupada na defesa dos árbitros só porque sim, ao invés de envidar esforços na defesa do setor como um todo, lutando, por exemplo, pela promoção da transparência na arbitragem, em particular nas comunicações entre árbitros e VAR, e de uma auditoria externa ao VAR nos lances de fora de jogo para que, de uma vez por todas, se credibilize a utilização desta ferramenta, dois dos aspetos indicados pelo Benfica como fundamentais para a melhoria do futebol português.

5
O diretor-geral para o futebol profissional do Benfica é também alvo de um processo por parte do Conselho de Disciplina. O que fez Rui Pedro Braz? De forma urbana e respeitadora, além de reconhecer que se excedeu no banco de suplentes, pediu respeito pelo Benfica e mencionou duas decisões de arbitragem polémicas que todos os analistas asseveraram terem sido mal ajuizadas em prejuízo do Benfica. A abertura do processo nestas circunstâncias diz muito sobre a forma como o Benfica tem sido tratado. Esta sanha persecutória é totalmente descabida e incompreensível. É, ironicamente, mais uma evidente falta de respeito para com uma instituição que merece e tem de ser respeitada.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.