Benfica fala sobre a proibição de adereços que os adeptos do FC Porto se queixam

O Benfica proíbe a entrada na Luz, para o clássico de domingo, algum material normalmente utilizado pelas claques do FC Porto, nomeadamente megafone e tambor, decisão que publicamente mereceu, durante o dia, críticas por parte dos adeptos portistas.

Fonte do clube da Luz esclarece, porém, que a decisão «obedece às regas impostas pelo regulamento de segurança do Estádio da Luz». Regras, essas, que existem há anos «são iguais e do conhecimento de todos os clubes».

Para uma claque legalizada, é obrigatório enviar uma lista dos adeptos registados, que vai estar presente no jogo. Como todos nós sabemos, essa acção é obrigatória mas nunca é feita por parte das claques ditas legais. Aliás, como todos os elementos das claques não estão registados. Será que o líder dos super dragões pode dizer publicamente há quantos anos está na claque e quando se registou? Quantos são e quantos realmente estão registados? Obviamente que não vai dizer porque sabe que é verdade.

Não se queixem:

VERGONHA: Adeptos do Benfica pagaram bilhete e não viram o jogo


Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores

Siga-me no Twitter

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores