Advertisement

Benfica questiona “quanto tempo vão ficar de fora das nomeações Manuel Oliveira e André Narciso”

Advertisement

Hoje abordamos o dia das Casas do Benfica, o sorteio da Liga dos Campeões e as questões levantadas em torno do VAR.

1
Domingo é dia de jogo dedicado às Casas do Benfica, uma tradição anual que visa enaltecer e premiar a notável dedicação em prol do engrandecimento do Benfica por parte de milhares de benfiquistas por todo o mundo naquelas que são verdadeiras embaixadas do benfiquismo.

Advertisement

O dia contará com diversas atividades nas imediações do Estádio e, no intervalo do jogo, haverá o desfile no relvado de representantes de mais de uma centena de casas.

2
Já são conhecidos todos os clubes que integram os quartos de final da Liga dos Campeões e que irão amanhã a sorteio às 11h00. O Benfica é o único que iniciou o percurso nas rondas de qualificação e também o único representante de um campeonato não pertencente aos chamados “Big5”.

Advertisement

Chelsea, Liverpool e Manchester City, de Inglaterra, Atlético Madrid, Real Madrid e Villarreal, de Espanha, e Bayern Munique são os possíveis adversários.

O Benfica já defrontou, em competições oficiais, todos excepto o Manchester City. O Bayern Munique foi aquele com que mediu forças mais vezes (12), seguido do Liverpool (10).

3
A propósito da passagem aos quartos de final da Liga dos Campeões, não deixe de ver ou rever aqui o vídeo dos bastidores da contenda com o Ajax.

4
Entretanto os dias passam e continuamos sem saber quanto tempo vão ficar de fora das nomeações Manuel Oliveira e André Narciso, árbitro e vídeoárbitro, respetivamente, da partida com o Vizela e principais responsáveis pelo erro gritante da grande penalidade por assinalar na área dos vizelenses.

Advertisement

Assim como está por esclarecer ainda, nomeadamente através da divulgação pública dos áudios, o que foi dito entre a equipa de arbitragem na avaliação do tal lance.

Leia Também:

Manuel Oliveira e André Narciso conseguiram feito inédito

Benfica entra com tudo depois da vergonha

Lances favoráveis ao Benfica ficaram sem VAR – Vídeo

“Só pergunto como é que o Sr. André Narciso não vê isto” – Vice Luís Mendes

Descoberta a “jarra” onde vai ficar o VAR que prejudicou o Benfica

A transparência é fundamental para que haja confiança. E tem de haver competência também. O VAR chegou com o intuito de auxiliar a muito difícil tarefa de se arbitrar um jogo de futebol, não o de criar mais polémica. É manifestamente incompreensível como são pelo menos nove os pontos sonegados ao Benfica nesta edição do Campeonato por erros de arbitragem clamorosos, facilmente evitáveis caso o VAR tivesse intercedido corretamente conforme lhe compete.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo