O Benfica reagiu aos acontecimentos ocorridos no Mar Shopping, em Matosinhos, onde a presença de elementos dos Super Dragões, claque do FC Porto, junto à loja do Benfica obrigou à atuação da polícia.

Fonte do clube da Luz referiu que “o crime organizado manifesta-se de diversas formas desde o roubo e promoção da correspondência privada, passando pelas ameaças e coação a agentes desportivos e agora por provocações e distúrbios em espaços comerciais de outros clubes”, sublinhando ainda que “em descalabro financeiro a cultura do ódio serve para desviar atenções” e classificando o ato como “lamentável”.