Benfica reage: “O apagão das fontes judiciais quando se trata de casos de outros“

O Benfica pronunciou-se esta segunda-feira sobre a notícia avançada pelo ‘i’ que dá conta de que Bruno de Carvalho está a ser investigado por tráfico de influências, informação confirmada ao jornal pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

“Mais uma investigação do Ministério Público confirmada pela PGR, sobre o presidente do SC Portugal, agora sobre tráfico de influências. Antes foi investigado por suspeitas de pressões e coacção sobre árbitros e recebimento de comissões. Será que a tese de Alvalade e dos seus comentadores de que se existe processo é porque existe crime se mantém? O apagão das fontes judiciais quando se trata de casos de outros, e a inexistência de uma linha sobre esses processos em alguns órgãos de comunicação social, é um verdadeiro mistério. Mas não deixa de ser extraordinário em nome do rigor e da isenção”, pode ler-se na conta do Twitter Benfica Press.

Quer dizer que agora desapareceram as fontes judiciais dos jornalistas que atacam o Benfica. Já ninguém sabe de nada. Fantástico!