O Conselho de Disciplina (CD) manteve a multa ao Benfica pela moeda que atingiu o árbitro Tiago Martins no jogo com o V. Setúbal.

As águias acusavam o árbitro de ter mentido no seu relatório, ao queixar-se de uma agressão que lhe causou um hematoma, e apresentaram recurso hierárquico para o plenário do CD. Mas a decisão manteve-se: multa de 3.188 euros.

O Benfica irá agora recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD).