Caso Danilo: Miguel Guedes acusa os adversários de “navegar em ácidos” e FJM acaba por confirmar discussão

Publicidade

Começo por dizer que este assunto nem sequer deveria merecer uma palavra, porque o tempo é de ver Benfica, ver o que há a melhorar, ver reforços e só no fim mandar aquelas boquinhas normais aos amigos dos outros clubes. O caso Danilo só deixou de ser um caso exclusivo do FC Porto quando um dos cartilheiros decidiu colocar as culpas nos adversários numa primeira fase.

Como tem vindo a ser habito, nunca se passa nada naquela casa e quando há algo, a culpa é do Benfica. Nunca é deles! É do Benfica.

Então hoje à noite tivemos a confirmação de um dos directores de comunicação de que afinal houve mesmo uma discussão bem grande entre treinador e capitão. Digo um dos directores porque parece que para aqueles lados há dois departamentos de comunicação. Mas numa primeira fase decidiram culpar os adversários e negar o óbvio. Miguel Guedes chegou a falar em “navegar em ácidos”. Não sabemos se terá sido uma indirecta a Francisco J Marques ou se a outra pessoa.

Publicidade

Ponto de situação:
1- Negaram dizendo que era assuntos pessoais
2- acusaram os adversários tendo passar a ideia de que foi obra dos “cartilheiros”
3- confirmaram dizendo que não foi bem assim que aconteceu.

Só tenho pena que não questionem o “estado psicológico” do Danilo da mesma forma que tentaram fazer com o Odysseas. É que o Guarda-redes do Benfica nem preocupado está com a possivel contratação de um colega. Mas a imprensa faz questão de dizer o contrário.

Uma vez mais fica provado que não conseguem enganar a malta.

CONTINUAR A LER
Pub

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores