Depois de uma primeira sanção de 20 jogos de suspensão, o guarda-redes da equipa de hóquei do FC Porto, Edo Bosch, viu esta segunda-feira a pena ser reduzida para 15 partidas de castigo, devido à dupla agressão ao benfiquista Carlos Lopez na última final da Taça de Portugal.

Para a redução da pena, o Conselho de Disciplina da Federação de Patinagem de Portugal teve em conta o comportamento do atleta durante toda a época e o facto de que a totalidade da pena «colocaria em causa a participação do arguido nas provas/jogos da época de 2014/2015».

Esqueceram-se foi que este jogador já é a segunda vez que tem atitudes destas.

Na final da Taça de Portugal, Edo Bosch agrediu Carlos Lopez com o stick e, logo a seguir, atingiu o mesmo jogador na cabeça, com a mão esquerda.