topVerdes

Claques mandam Varandas fazer comunicado sobre o Cashball

Quem tem juízes na sua lista não devia receber ordens das claques.

PUB

Não nos vamos alongar muito sobre este camião de areia para agradar claques porque percebemos a satisfação do FC Porto e dos seus cartilheiros, com este comunicado. Não temos aliança e nem queremos ter mas o foco é naqueles que querem ver guerra no futebol.

 

O Sporting foi forçado, pelas claques, a fazer um comunicado sobre o E-Toupeira. Como o Sporting deveria saber, porque o seu presidente tem juízes na sua lista, ainda há recurso porque não transitou em julgado e o antigo assessor jurídico pode ser ilibado de todos os crimes.

Advertisement

 

 

O Sporting também sabe, porque é assistente do processo, nada tem a ver com questões desportivas. Não tem a ver com escutas onde alegadamente se compravam árbitros como acontece com o FC Porto, e todo o país viu pois ainda estão no youtube. Tem a ver com acesso à informação sobre processos, bisbilhotice jurídica, que nada tem impacto, sublinhe-se, com a competição.

“A Sporting SAD já se constituiu assistente em todos estes processos que envolvem o Desporto português e partilhou todas as informações relevantes com as autoridades, nas devidas instâncias, para que a verdade desportiva não seja constantemente deturpada por este tipo de práticas e comportamentos.”, Pode ler-se no comunicado.

Pub

Espero que o Sporting tenha dado mais informações sobre o Cashball. Ontem ficámos a saber que há mais desenvolvimentos mas só foi noticiado no Expresso e não fez capa no Record. Porque será? Em causa está um empresário ligado ao Sporting, que alegadamente aliciou dois árbitros no Andebol e um jogador do Chaves, no futebol.  E aí estamos a falar em questões desportivas e não de bisbilhotice jurídica. É esse o preço de ter juízes na sua lista?

Não esquecer que neste caso a Polícia Judiciária confirmou acordo para pagamentos do Correio da Manhã ao denunciante do Cashball. É por isso que não há nada nos seus jornais? Então e o “CM melhor, primeiro?”

Não se podem esquecer que o Sporting teve um vice presidente que colocou dinheiro na conta de um árbitro, antes de um jogo com o Marítimo. De acordo com a acusação, o ex-vice-presidente ‘leonino’ terá levantado, um dia antes da viagem de Rui Martins ao Funchal, uma verba de 3.000 euros na tesouraria do clube, que foi classificada como despesa confidencial e que terá servido para o depósito e para despesas relacionadas com a deslocação. Justificou com pagamentos a seguranças.

E já não vamos ao presidente Jorge Gonçalves que admitiu ter comprado árbitros.

Portanto o Sporting não pode ser gerido por calques e devia ter vergonha na cara quando lhes tenta prestar vassalagem. O seu presidente está aflito com a liderança em causa, mas deveria ser mais responsável sobre os comunicados que faz.

 

 

 

 

Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo