CMTV queixa-se dos adeptos na luz depois da campanha negra contra o Benfica

Publicidade

Ainda não há muito tempo, fui alvo de uma acusação infundada e baseada na propagada do FC Porto, por parte do Correio da Manhã. Segundo essa gente, eu seria o responsável pela campanha negra contra a comunicação social.

Publicidade

Hoje no Record, o Bernardo Ribeiro, Sub-director do jornal, queixa-se do que fizeram às equipas de reportagem que estiveram presentes no estádio. Escreveu como se o grupo ao qual pertence, fosse um santo. Não é a CMTV que tem Octávio Machado como peão do FC Porto, que semeia o ódio nos programas em que participa? Não é a CMTV que tem o Octávio Lopes a semear o ódio no seu jornal? Não é a CMTV que tem a Tânia Laranjo, como ponta de lança no ataque ao Benfica, ficando na maioria das vezes frustrada quando os advogados deste país defendem o Benfica? Não é a Sábado que tem o Carlos Rodrigues Lima como cartilheiro na divulgação do crime? Não é o Record que tem Bernardo Ribeiro como promotor das campanhas anti-Benfica?

Óbvio que condeno qualquer tipo de violência, seja contra quem for. Nunca pedimos ou promovemos a violência contra quem nos ataca diariamente. A argumentação com factos e a ignorância por vezes, são das armas que se pede para utilizarem, nunca a violência. Apupos nunca fizeram mal a ninguém e se foi só isso, nem tenho de condenar porque o que a CMTV e outros canais transmitem, é bem pior. Se lhes atiraram uma garrafa de água, só tenho a lamentar.

Agora em vez de


se queixarem num jornal desportivo, não seria melhor pensar que aquilo que estão a fazer ao futebol e à classe que representam? Não perceberam que não são bem vindos ao Estádio da Luz? Não perceberam que as vossas audiências vão descer ainda mais se continuar a caluniar o Benfica e a semear o ódio nas tv´s? Ainda não perceberam que muitos de vós estão a mais no futebol?

Ontem a CMTV foi mais um exemplo lamentável daquilo que nós temos na tv em portugal. Depois não querem que exista problemas.

Pub

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores