Comunicado do Benfica sobre as últimas notícias

PUB

O Sport Lisboa e Benfica informa que vai interpor uma providência cautelar e recorrer para o TAD da decisão de suspensão de 15 dias aplicada hoje ao seu treinador Jorge Jesus.

O Sport Lisboa e Benfica condena de forma expressa o comportamento do Conselho de Disciplina da FPF, uma reprovação alicerçada nas seguintes razões:

1- As declarações de Jorge Jesus sobre a arbitragem do jogo em causa, Benfica-FC Porto, não conferem um grau de gravidade consentâneo com a penalização imposta. Não só não foram atentatórias do bom-nome do árbitro Artur Soares Dias e da sua reputação, como, em termos de avaliação global, foram corroboradas na altura pela grande maioria dos especialistas em arbitragem.

As palavras que valeram 15 dias de castigo a Jorge Jesus (hugogil.pt)

2- Um jogo que teve lugar a 6 de maio produz um acórdão mais de 7 meses depois, um dia antes de uma partida decisiva de apuramento da Taça da Liga e uma semana antes da discussão de uma eliminatória da Taça de Portugal no Estádio do Dragão. É lícito perguntar se é apenas coincidência o timing desta deliberação. A resposta afigura-se clara. Ainda mais se atendermos a que um outro jogo e um outro processo que envolveu o treinador Sérgio Conceição teve lugar em fevereiro e conheceu uma decisão na última quinta-feira!

3- No espaço de uma semana assistimos a duas situações similares com tratamento diferenciado por parte deste órgão da Federação. No caso do treinador Sérgio Conceição, o Conselho de Disciplina entendeu, contrariando a sua prática habitual, proferir Decisão Singular, o que permitiu um recurso para o Pleno do Conselho de Disciplina com efeito suspensivo automático. Já no caso do treinador do Benfica, Jorge Jesus, a decisão do processo disciplinar é tomada por esse mesmo Pleno, obrigando a um recurso para o Tribunal Arbitral do Desporto, cujo efeito suspensivo está dependente do decretamento de uma providência cautelar.

4- O Sport Lisboa e Benfica está a ser vítima de um inaceitável enviesamento por parte do Conselho de Disciplina, com sucessivas decisões que o prejudicam gravemente perante uma total ausência de equidade quando em causa estão outros clubes e outros protagonistas.

5- A bem da credibilização do futebol português, o Sport Lisboa e Benfica desafia a Federação Portuguesa de Futebol a assumir as suas responsabilidades e a dissolver o atual Conselho de Disciplina.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.