Conselho de Disciplina decide recusar o efeito suspensivo a Rúben Dias. Fábio Coentrão ainda por castigar

O Conselho de Disciplina (CD) decidiu recusar o efeito suspensivo do recurso apresentado pelo Benfica ao castigo de dois jogos aplicado a Rúben Dias, na sequência do auto de flagrante delito aberto após o dérbi num lance com Gelson Martins. Resta agora ao clube da luz que o CD se pronuncie ainda esta sexta-feira sobre o recurso em si e, obviamente, favoravelmente às pretensões do clube.

Como a defesa das águias apontava sobretudo falhas à instrução feita pela Comissão de Instrutores (CI), nomeadamente pelo facto de os árbitros não terem sido ouvidos e também pelo enquadramento da jogada, o CD enviou o recurso para o órgão da Liga, de forma a dar-lhe hipótese de se pronunciar.

Por isso, a decisão final de manter, retirar ou reduzir o castigo a Rúben Dias está agora nas mãos do CD. Quem ainda não foi castigado é Fábio Coentrão. O auto de flagrante delito foi aberto mas castigo nem vê-lo. Este é aquele polvo a funcionar a favor dos mesmos e sempre contra os mesmos.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores