Denuncia anónima sobre uma alegada oferta de bmw a árbitro por parte do FC Porto

O Ministério Público recebeu uma denúncia anónima em que se refere que o árbitro Manuel Mota terá, alegadamente, recebido, no ano de 2003, um carro topo de gama que lhe foi entregue por uma pessoa ligada ao clube da cidade Invicta.

Na denúncia a que o jornal Record teve acesso refere-se que tal aconteceu por intermédio de Reinaldo Teles e Rui Alves, atual presidente do Nacional, os quais terão feito chegar ao árbitro da AF Braga “um BMW 730 azul escuro”. A pessoa que terá sido intermediária de todo este processo, aparece citada na denúncia como um dos “envolvidos no processo Apito Dourado”, a qual terá confidenciado esta situação a quem efetuou a denúncia.

A imprensa contactou Rui Alves, o líder do emblema madeirense, que respondeu de forma bastante irónica: “Trata-se, certamente, de uma brincadeira de Carnaval. Nunca estive envolvido em tais situações e sempre fui um defensor da verdade desportiva”, enalteceu em declarações ao nosso jornal.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Junte-se a 1.255 outros subscritores

Siga-me no Twitter