Um dos departamentos de comunicação do FC Porto foi multado em 15.300 euros pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (CD da FPF), por críticas televisivas à arbitragem, proferidas no final da época passada.

No processo disciplinar que estava em curso, o CD da FPF estudava a «lesão da honra e da reputação dos órgãos da estrutura desportiva e dos seus membros», julgando agora procedente a acusação e condenando os portistas ao pagamento. Pagamento esse que a juntar aos dois milhões a pagar ao Benfica, já faz dois ordenados do Pinto da Costa.

O processo era relativo a declarações proferidas no Porto Canal, no qual o diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, afirmou que «alguns árbitros decidiram entregar o título ao Benfica».