Depois do presidente do FC Porto ter criticado o VAR na rede social Instagram, agora foi a vez de Pinto da Costa falar do VAR que esteve Boavista-Benfica. O Benfica venceu por 4-1, mas a choradeira vai em torno de um lance que até seria penalti a favor do Benfica.

Críticas ao VAR: “A Federação Portuguesa de Futebol, numa preocupação constante em melhorar o futebol, lançou o VAR com as melhores intenções. Com a certeza de que iria beneficiar com a verdade dos resultados. Ontem foi a mesma coisa, mas com outros figurantes [Boavista-Benfica]. O favorecido foi o Benfica. O Senhor Jorge Sousa tinha obrigação de ver até porque é o número um do Conselho de Arbitragem. E a arbitragem vai mal se o número um não consegue ver aquela falta [no golo de Cervi]. Todos os críticos são unânimes e dizem que houve falta. O VAR era o senhor Hélder Malheiro que no Vizela-Benfica teve más decisões em termos da amostragem de cartões. As cores dos cartões seriam diferentes com as cores de outro clube.”

Vídeo: Juízo Final pede vermelho para Marcano por entrada de sola

Vídeo: FC Porto beneficiado na Madeira

Vídeo: Os lances que vão beneficiando o PortoAoColo

 

#PortoAoColo de Luís Godinho e Rui Oliveira não assinalam penalti contra o FC Porto

Ex-árbitros pedem expulsão de Corona

 

Mais críticas: “Isso é que é preocupante. O VAR foi uma feliz iniciativa, mas se na prática as pessoas que lá estão não veem quando se trata de um lado, então as pessoas não têm condições para exercer essa função. Compete ter a coragem para expor as situações. Já nas competições europeias temos sido prejudicados por não haver VAR, mas há lances difíceis para o árbitro assinalar e a ajuda da tecnologia é importante. Mas se for só para assinalar para um lado, o VAR não é preciso para nada. Estamos preocupados com os nossos jogos, é evidente que sentimos que estas coisas não deviam acontecer, mas estamos focados. O nosso nível exibicional em Portugal ou no estrangeiro é idêntico. Há outros que têm dificuldade, porque há golos como o do Bessa [golo de Cervi] que nunca aconteceriam na Liga dos Campeões.”

Vasco Santos admite erro que beneficia o FC Porto

Vídeo: Xistra e VAR fazem vista grossa ao penalti de Corona

Tribunal do jornal do FC Porto garante que o Tapsoba é mal expulso

 

Críticas à SportTV: “Todos os analistas foram unânimes em considerar falta, mas no juízo da final da SportTV o senhor que lá estava, que por acaso foi fiscal e linha do Hélder Malheiro, foi o único que conseguiu ver que não havia falta. Aqui assumo que é falta de seriedade da SportTV, em não ter pessoas capazes a analisar. Estão a defraudar a verdade. E a SportTV é um serviço que se paga, não é televisão em aberto, ganham muitos milhões à custa dos assinantes e dos contribuintes. É preocupante, os responsáveis devem estudar bem esse assunto e não permitir que se contribua para a mentira no futebol.”