Advertisement

Diretor do Record chama adeptos do Benfica de animais e lança fake news

Advertisement

Depois do que aconteceu com Paulo Futre, temos novo caso lamentável fora das 4 linhas. E não, não é o arremesso de artefactos pirotécnicos que obviamente condenamos.

O diretor do jornal Record decidiu chamar os Benfiquistas de animais associando o incidente do jovem, caído inanimado junto à bancada sem razão aparente, ao arremesso dos artefactos pirotécnicos que aconteceram minutos mais tarde. A publicação entretanto foi apagada depois de ter percebido que estava errado. Critica tanto os diretores de comunicação que acabou por fazer pior sem um pedido de desculpas

Advertisement

O mínimo que tem de ser exigido é um pedido de desculpas, não só pelo erro mas também pela forma como uma pessoa como o diretor de um jornal, se refere aos adeptos do Benfica. É o mínimo dos mínimos.

Veja bem os momentos destintos que provam que o tweet que fez é vergonhoso.

Advertisement

Este foi o momento que, lamentavelmente, arremessaram tochas para o relvado. No lado aposto do relvado e já com o miúdo fora do estádio

Sobre este diretor do jornal da Cofina. Era bom saber o que foi que ele garantiu ao dono da Cofina. Antigamente estranhava as VMOC´s e hoje nem um piu sobre o assunto. O que terá mudado? Alguma avença? Será que é como o Bruno de Carvalho disse enquanto esteve no Big Brother Famosos?

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo