Dirigentes do FC Porto esquecem-se do Presidente e Francisco J Marques ataca Benfica

Antes e depois do jogo, treinadores, jogadores souberam elevar o nível de um grande clássico entre duas grandes equipas. O FC Porto foi melhor e o Benfica não teve problemas nenhuns em admitir mostrando a humildade que sempre teve tanto nas vitórias como agora na derrota. Procuram apenas falar no jogo e até ignoram perguntas provocatórias. Mas depois temos um dos directores de comunicação do FC Porto a pensar que já é campeão há 3ª jornada. Parece que não aprendeu com a época passada mas isso é um problema que não nos diz respeito. Se os seus adeptos, que ele já desvalorizou, gostam então que continue. Agora tentou criar ruído que não existe.

O Benfica acusou Francisco J. Marques de “ignorância e má-fé” quando acusou os encarnados de não terem colocado, de forma propositada, o nome de Pinto da Costa na ficha de jogo do clássico. Fonte oficial garantiu que esse trabalho é feito, inclusivamente, por um membro dos portistas.

Publicidade

“Por ignorância e má-fé, o diretor de comunicação do FC Porto deturpa e mente. Quem preenche a ficha técnica e envia para a plataforma e-Liga é o secretário técnico do FC Porto, não o Benfica. Aliás, o Benfica não tem qualquer interferência no preenchimento dos dados dos outros clubes e, neste caso, do FC Porto. O secretário do FC Porto informou os delegados da Liga que não iria colocar o nome do presidente do FC Porto visto que o mesmo está castigado”, vincou fonte do Benfica.