É tempo de a FPF e de o CA agirem. E pararem de desrespeitar o Benfica.

PUB

Tricampeões nacionais de voleibol e polo aquático (feminino), bicampeões nacionais de basquetebol (feminino), duas possibilidades de títulos esta tarde e mais uma atuação do VAR prejudicial ao Benfica são os temas desta edição da News Benfica.

1
Chegou ao fim a extraordinária temporada da nossa equipa de voleibol, ao vencer, por 3-0, o terceiro jogo da final do Campeonato, ante o Sporting.

Somos campeões, tricampeões nacionais, um título justo e que premeia a competência e o empenho de um grupo de trabalho que foi demonstrando, ao longo de toda a temporada, clara superioridade em relação aos adversários.

A conquista do décimo Campeonato Nacional pelo Benfica, sétimo nas últimas nove épocas, sucede aos triunfos da Supertaça e da Taça de Portugal, além de termos marcado presença na fase de grupos da Liga dos Campeões, apenas a terceira de um clube português. Brilhante!

Veja o resumo da partida e as imagens da festa e leia a reportagem do jogo e as declarações dos protagonistas, aqui.

2
E depois de ontem também a nossa equipa feminina de polo aquático se ter sagrado tricampeã nacional, ao vencer, por 9-15, o Clube Fluvial Portuense, esta manhã foi a vez da nossa equipa feminina de basquetebol ter revalidado o título. No jogo derradeiro, a vitória, por 73-70, frente ao União Sportiva, deu o título mais do que merecido ao Benfica numa época de pleno sucesso (Supertaça, Taça Federação, Taça de Portugal e Campeonato Nacional).

3
Mais um jogo, mais uma decisão polémica do VAR. A derrota, por 0-1, frente ao FC Porto fica indelevelmente marcada por um fora de jogo em linha… com o que temos visto ao longo da época, na qual imperam os sucessivos lances em prejuízo do Benfica. Dois centímetros tão à medida, mas tão à medida, que analisado o frame escolhido para a decisão convenientemente tomada, a bola já vai no ar. É revoltante!

E é urgente uma auditoria ao VAR, realizada por entidades externas, que credibilize, no futuro, o que já há muito perdeu toda a credibilidade. É tempo de a Federação Portuguesa de Futebol e de o Conselho de Arbitragem agirem. E pararem de desrespeitar o Benfica.

4
Rui Pedro Braz, diretor-geral do futebol profissional do Benfica, teceu críticas legítimas à extensa e despudorada acumulação de erros de arbitragem, em particular do VAR, sempre em prejuízo do Benfica.

“O momento da escolha do frame e da colocação do frame são decisivos para este tipo de decisões. Quem escolhe é João Pinheiro, não é nenhuma máquina! As pessoas sabem o que são dois centímetros? O VAR é uma ferramenta demasiado poderosa para estar na mão de gente incompetente”, disse.

Veja a intervenção completa do responsável benfiquista.

Inconformados, Nélson Veríssimo e Grimaldo também se referiram ao lance em causa. O nosso treinador disse que “um frame um bocadinho atrás ou à frente faz a diferença”. “A imagem que vi, e foi com essa imagem que foi anulado o golo, deixa-me com a ideia de que a bola já tinha saído do pé de Adel”, referiu. E Grimaldo foi a voz do sentimento de revolta do plantel: “Já são muitos jogos, isto tem de mudar, tem de haver respeito pelo Clube. Não quero culpar só o que se passa ao nosso redor, porque também temos culpa, mas perdemos muitos pontos por causas externas.”

5
Esta tarde temos a oportunidade de conquista de mais dois títulos.

No Estádio da Luz, às 16h00, a nossa equipa feminina de futebol defronta o Sporting. Venha à Luz apoiar o Benfica, um empate garante a revalidação do título. A entrada é gratuita para os Sócios do Sport Lisboa e Benfica, mediante o levantamento de bilhete.

E, às 18h00, em Albufeira, começa a final da Taça de Portugal de basquetebol, frente ao Sporting.

Para conhecer os resultados dos restantes jogos realizados ontem e os horários das partidas desta tarde, clique aqui.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.