Futeboltop

“Essa questão terá de ser o selecionador de Portugal a responder”

Análise do Estoril-Benfica da 12.ª jornada da Liga Bwin.

PUB

Declarações de Roger Schmidt, após o triunfo por 5-1 em casa do Estoril, na ronda 12 do campeonato.

 

A vitória: “Estamos bem. Jogámos muito bem. Não é fácil jogar contra nós. Os jogadores seguiram o plano, estiveram sempre com rigor e com esta atitude. Estiveram sempre prontos e assumiram a responsabilidade. Assim é difícil para todos. Mas não é impossível bater-nos, temos de nos manter assim.”

Advertisement

20 golos em cinco jogos: “Criámos muitas chances. Hoje até podíamos ter marcado mais. Estamos a acelerar na altura certa. Metemos gente na área para finalizar. Temos boas decisões e controlámos bem a bola. Recuperámos muitas bolas e também temos opções diferentes quando a recuperamos no contra-ataque. Também estivemos bem nas bolas paradas. Os golos são consequência da forma como os jogadores investem no ataque.”

Sobre a ida de António Silva à seleção: “Há umas semanas tínhamos João Victor, Morato e Veríssimo lesionados. O António Silva apareceu bem, tinha estado bem na pré-época. Jogou a um grande nível, contra grandes equipas, está habituado a jogar com o Otamendi. Não gostamos muito de mudar por isso. Ele dá estabilidade na defesa e tem sido importante na construção de jogo ofensivo. Ele estava no lugar certo em duas ocasiões. É muito especial, tem uma grande atitude, é muito focado, humilde e gosto muito dele. Essa questão terá de ser o selecionador de Portugal a responder”, afirmou.

António Silva leva 16 jogos realizados pelo Benfica na atual temporada, tendo agora três remates certeiros.

Pub
Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo