Advertisement

Estádios sem limitação ao público

Advertisement

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) solicitou à Direção-Geral da Saúde (DGS) o levantamento das limitações em relação à lotação dos recintos desportivos, com efeitos já em outubro.

“Face à evolução do combate à pandemia em que se está próximo de atingir os 85% de população vacinada e com o levantamento de medidas de confinamento, a FPF pede à DGS o aumento da lotação de público, mantendo a exigência de apresentação do certificado digital”, refere o organismo, salientando que enviou uma carta à DGS com este objetivo.

Advertisement

Hoje a DGS anuncia o fim da limitação de pessoas nos estádios.

«A lotação fixa do recinto desportivo, quando o mesmo não tenha lugares individuais sentados, deve ser objeto de determinação conjunta entre a entidade licenciadora da lotação, a Autoridade de Saúde territorialmente competente e as Forças de Segurança do território», pode ler-se na orientação atualizada esta quinta-feira.

Advertisement

A DGS diz que nos eventos desportivos «o uso adequado de máscara facial é obrigatório» e que «o acesso ao recinto obriga a apresentação de Certificado Digital da UE em conformidade com a legislação em vigor», ou, em alternativa, apresentação da prova de teste negativo.

«O horário de entrada para o evento deve ser alargado, de forma a evitar aglomerados de pessoas e filas de espera extensas, reduzindo e fracionando a afluência de espetadores até ao inicio do espetáculo», diz ainda a mesma orientação.

DEIXE A SUA RESPOSTA

Advertisement

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo