Eurodeputada Ana Gomes metida em maus lençóis mais uma vez

Aquela defesa louca ao hacker Rui Pinto mais tarde ou mais cedo, iria trazer problemas à Eurodeputada. Quando a Ana Gomes vê o seu tacho a desaparecer, tem de arranjar maneira de aparecer para ver se alguém lhe dá mais um tachinho. E então a maneira mais fácil foi defender o “ladrão de bancos”, segundo disse António Lobo Xavier.

Sem olhar aos factos assim foi.

Ontem, depois de Platini ter sido detido por um alegado esquema de votações no Mundial do Qatar 2022, a eurodeputada correu para as redes sociais enaltecer o acontecimento dando a entender que foi graças ao Rui Pinto que isso aconteceu. “O #footballleaks ainda só começou… mesmo com o ⁦@RuiPinto_FL⁩ preso”, escreveu no twitter citando uma conta fake alusiva ao Rui Pinto. Aliás, passou boa parte do tempo a promover o tema. Então e onde é que ela meteu a pata na poça?

O advogado do Rui Pinto é William Bourdon. Esse advogado foi visto ao lado de Ana Gomes, numa conferencia de imprensa sobre corrupção no futebol. Advogado que tirou Platini da prisão. Então mas a corrupção e tal… que o pagamento do advogado para defender o Rui Pinto vinha de uma fundação cuja a origem do dinheiro se desconhece… e afinal o mesmo advogado que tanto luta contra a corrupção no futebol, é o mesmo que tira Platini da cadeia. Mas que raio, o football leaks ainda só começou e o advogado do autor desse “movimento”, é o mesmo que tira Platini da cadeia? Então não tinha sido o football leaks a meter o Platini na prisão? Mas que incoerência da eurodeputada.

CONTINUAR A LER