Azuistop

Fábio Silva relata a pressão de o colocarem fora do FC Porto para ganhar comissões

O prodigio que OJOGO na altura fez questão de comparar a Félix, mais não foi que uma mula de comissões para dar de comer aos empresários de sempre.

PUB

E quando OJOGO o comparava a Félix e o FC Porto anunciava com grande destaque a clausula de rescisão? Tinha uma clausula de 125 milhões de euros.

Fábio Silva foi vendido ao Wolverhampton em 2020 por 40 milhões de euros. Primeiro disseram que só pagaram 10 milhões de euros a empresários. Segundo o relatório enviado à CMVM, o clube gerou “uma mais-valia de 25 milhões, após a dedução do valor global de 14,9 milhões” para “custos com serviços de intermediação” e outras rubricas contabilísticas. Ou seja, pagaram mais 4,9 milhões do que tinham dito.

Advertisement

Agora podes seguir-nos no WhasApp e no Google Notícias

Eis agora o que Fábio Silva veio dizer: “Sabia que não era o momento. Não era minha intenção ir para o Wolverhampton naquela altura, queria ficar mais um ou dois anos no Porto. Quase fui forçado.

Disseram-me que se eu não fosse obrigar-me-iam a jogar na equipa B, que se eu não fosse não ajudaria o clube porque eles estavam com pouco dinheiro… não tive escapatória.

Tinha 18 anos e tinha terminado a minha primeira época completa, mas não joguei tudo, apenas 15-20 minutos. Queria ficar no meu clube, o Porto, para ter um impacto maior.

Tive outros interessados, mas tudo visava que eu assinasse com o Wolves. Mais pessoas estiveram envolvidas nessa transferência. Eles colocaram mais dinheiro, mas no futebol acontecem coisas nos bastidores que não controlas. Ficou melhor para todos do que para mim.”

Pub
Comentários

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Advertisement
Botão Voltar ao Topo