Nem com os árbitros a apelarem ao fair-play no inicio do jogo, o Sporting soube respeitar o adversário. Mais uma vez não devolveram a bola ao adversário, tal como fizeram com o Dortmund para a liga dos campeões. Não são obrigados a faze-lo mas atitudes dessas só demonstra no que se transformou o atual Sporting de Bruno de Carvalho.

Ficou também um cartão vermelho por mostrar ao capitão de equipa do Sporting depois de uma bola ao solo ter pontapeado o adversário. A bola já não por perto e W.C decide agredir o adversário. O árbitro bem perto, mostrou apenas amarelo.

Outra questão interessante é ver a imprensa a não ter o mesmo critério com que tem tido nos ultimos tempos com o Benfica. São capas de jornal a arrasar o Benfica, é os golos sofridos de bola parada é a abertura de programas com o que Rui Vitória diz no final do jogo aos árbitros e o mesmo não acontece com o Sporting. O Clube de Alvalade perdeu pontos sempre depois dos jogos para a Champions e não há campanhas sobre o assunto. O sporting foi humilhado em vila do conde e em Guimarães e as capas de jornal é o que se vê.

Depois há palermas que dizem que o Benfica controla tudo e que o Sporting é a melhor equipa.