“FC Porto está em Gaia e vive à conta dos contribuintes”

Advertisement

Braz Frade, antigo vice-presidente do Benfica, diz que o FC Porto deve preocupar-se com as questões internas e deixar as contas do Benfica.

“Não temos o Brahimi a colocar-nos em tribunal, assim como o Maxi Pereira”, comentou Braz Frade, aludindo a alguns casos que envolveram os dragões, devido a dívidas a atletas, e salientando que “ninguém colocou o Benfica em tribunal” por falta de pagamento.

“Nós e o Sporting pagámos os nossos centros de treino. Pagámos o nosso centro de treinos com apoio dos sócios”, disse Braz Frade, deixando uma ‘alfinetada’ aos azuis e brancos pelo uso do centro de treinos do Olival.

“Vocês estão em Vila Nova de Gaia e vivem à conta dos contribuintes. O vosso centro de treinos é pago pelos contribuintes”, atirou Braz Frade, lembrando que o centro de treinos do Olival é utilizado pelos dragões por conta de um protocolo com a Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia onde pagam 500 euros por mês.

Além disso, aproveitou para desafiar o FC Porto a jogar nos limites frente à Juventus, realçando que terá pela frente um adversário complicado, não deixando contudo de dar uma ‘alfinetada’ em relação à fase de grupos.

“Contra o Marselha o FC Porto tinha dois treinadores. Agora vai ter de jogar”, disse Braz Frade sobre o embate dos oitavos de final da Liga dos Campeões dos dragões frente à ‘vecchia signora’.