Advertisement

FPF aplaude o campeão das expulsões em casa

Advertisement

Erram contra o Benfica vão para as arábias ou para as ilhas gregas apitar uns jogos. Chama-se recompensar quem erra contra o Benfica. Por cá abrem-se processos contra a equipa prejudicada como sinal do quero, posso e mando. Enquanto isso há uma casa que tem quase sempre a equipa visitante com um jogador na rua.

Desde o jogo com o Benfica que o FC Porto tem um jogador adversário expulso em casa. Tirando o jogo da segunda volta, frente o Marítimo. Foi o 3º jogo seguido em que veio a expulsão da praxe. O quinto em seis jogos no Dragão.

Advertisement

Se na temporada passada foram os penaltis que deram vitórias em fases complicadas do jogo, esta temporada são as expulsões dos adversários em casa. Ontem, depois do jogo miserável que estavam a apresentar, Gustavo Correia/VAR Hugo Miguel deram um penalti ao Taremi e expulsaram mais tarde o jogador do Tondela. Pelo meio não expulsaram Wendel e Mbemba por entradas de sola sobre o adversário.

Advertisement

São 423 minutos em superioridade numérica se contarmos apenas o tempo regulamentar. Quase 5 jogos a jogar com mais um.

No meio de todo este favorecimento, a FPF vai continuando tranquila. Não se justifica, não demite ninguém por incompetência e até ajuda a vender jogadores do FC Porto ao incluir jogadores como o Otávio que precisam de jogos da seleção para ir para mercados como o Inglês.

 

DEIXE A SUA RESPOSTA

Advertisement

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo