O segundo golo do Benfica, já na parte final do jogo, incendiou completamente o ambiente na bancada central do Comendador Joaquim de Almeida Freitas. De imediato surgiram problemas na bancada e, por isso, a polícia foi obrigada a intervir, impedindo que a confusão de alastrasse para outras zonas. Um adepto do Benfica acabou por cair para o relvado fruto da azia dos adeptos da equipa da casa.

Os problemas levaram ainda algum tempo a ser sanados pelo corpo de intervenção e, por essa razão, o desafio esteve parado durante alguns instantes. No entanto, até final não se verificou mais nenhum incidente e, após o último apito de Artur Soares Dias, reinou o ambiente de fair play de tranquilidade entre todos os intervenientes.