Helena Pires elogiou o trabalho da Liga a nível de infraestruturas. Vitória FC-Boavista serve de exemplo?

A directora da Liga Portugal elogiou as infraestruturas da Liga Nos e da II liga, na sua crónica habitual no jornal Record. É chamada a lavagem de uma incompetência que dura há 4 anos. Desde de quererem a todo o custo fechar o estádio que está na lista dos estádios com maior assistência da Europa, passando pelos estádios sem as mínimas condições, quem os frequenta só pode rir à gargalhada.

“Eu juro que adorava frequentar os mesmos estádios que a Dir. Da Liga Portugal cita no seu artigo no Record. É que fui a quase todos os estádios da Liga NOS e não notei nada de melhorias de infraestruturas, maior conforto e segurança. Vocês notaram?, escreveu João Gonçalves nas redes sociais.

O exemplo mais recente vai para o Vitória FC-Boavista no estádio do Bonfim. O estádio foi classificado pela Liga Portugal com a categoria “silver”. Foi seguro para os jornalistas trabalharem? Na transmissão até se ouvia os vidros a partir tal não era a exaltação dos adeptos. Foi seguro para a equipa de arbitragem? Ainda vi um árbitro a provocar os adeptos. Portanto a nível de infraestruturas, o jogo no Bonfim representa o péssimo trabalho que a Liga tem feito.